Teste com a primeira urina da manhã é o mais indicado

É o que sugere um estudo com pacientes que têm problemas renais provocados por diabetes, feito na Holanda e liberado por Hiddo Lambers Heerspink, do Centro Médico Universitário Groningen (www.umcg.nl/English).

A pesquisa comparou várias medicações de proteinúria (eliminação excessiva de proteínas pela urina), incluindo proteinúria versus albuminúria e urina de 24 horas versus primeira urina da manhã.

O trabalho foi realizado com 701 pacientes com diabetes tipo 2 e insuficiência renal que participaram do estudo “Reduction in Endopoints in Non Insulin Dependent Diabetes Mellitus with the Angiotensin-II Antagonist Losartan” (RENAAL).

A equipe de Heerspink verificou que a medida da relação albumina/creatinina obtida na amostra da primeira urina da manhã era mais adequada para prever o agravamento de problemas renais nos pacientes.

“Do ponto de vista clínico, esses resultados são muito importantes porque mostram que a coleta da primeira urina da manhã, mais confortável para o paciente do que a urina de 24 horas, pode ser usada para avaliar a proteinúria”, diz o pesquisador.

Ele acrescenta que a normatização das medidas de proteinúria irá melhorar a detecção e acompanhamento das doenças renais.

O artigo Comparison os Different Measures of Urinary Protein Excretion for Prediction of Renal Events foi publicado na edição on line de 15 de julho de 2010 do Journal of the American Society Nephrology.

Fonte: Science Daily, publicada na Revista Medicina Laboratorial, Ed. 15, agosto de 2010.